Uma nova forma de beijar

Com o intuito de diminuir a distância que separa os casais, cientistas do Laboratório Kajimoto da Universidade de Comunicações Eletrônicas, de Tóquio, desenvolveram um sistema que simula um beijo. Acoplado a uma caixa, há um canudo plástico que se movimenta para os lados. Estes movimentos são captados, codificados e enviados, via internet para um outro aparelho, que se encarregará de decodificar as informações e simular o movimento da língua.
“Este dispositivo é para ser usado dentro da boca, em outras palavras, o objetivo é obter a sensação de beijar”, explicaram os cientistas. “Se você colocar o dispositivo em sua boca e movimentá-lo com a língua, o outro dispositivo irá girar da mesma maneira. Se você inverter o sentido do movimento, o seu parceiro sentirá a mudança do movimento”.

Além da possibilidade do beijo “ao vivo”, os cientistas adicionaram uma opção de gravação dos movimentos. Assim, os usuários poderão reproduzir o beijo do parceiro sempre que sentirem necessidade. Há, também, a possibilidade de disponibilizar o beijo para que outras pessoas o utilizem. “Por exemplo, se você é um artista popular, pode usar este dispositivo para gravar o seu beijo e oferecer aos seus fãs”, disseram os cientistas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s